segunda-feira, 21 de novembro de 2016

“Nenhuma Condenação Há Para os que Estão em Cristo Jesus”

Estar em Cristo Jesus é ser
participante com Ele das
aflições suportando perseguição,
humilhação, acusação e as
demais formas de injustiça sem
largar sua "cruz" por amor à Ele
e às vidas que dEle necessitam.
Aí sim podemos dizer que
nenhuma condenação há para
nós.
Romanos 8:1 - “Portanto, agora, nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito.”
    O que há de errado nessa afirmação? Nada! Ela está na Bíblia! O erro, na verdade, está na interpretação de muitos que acreditam que o simples fato de serem membros ou frequentarem um templo cristão, ou ainda meramente crerem que Jesus existe os torna participantes dessa promessa. Antes de acharmos que estamos livres de condenação devemos examinar a nós mesmos para sabermos se estamos mesmo em Cristo Jesus; mas para isso temos antes que saber o que é estar em Cristo Jesus.
    Esse versículo se inicia com o termo “portanto” - classificado na língua portuguesa como uma conjunção conclusiva -, o que significa que se trata da conclusão do que foi dito antes; no capítulo anterior o apóstolo Paulo fala sobre a miserável natureza pecaminosa do ser humano (Rm 7:24). Isso quer dizer que nós, por natureza, somos inclinados ao mal (Rm 7:22,23), porém, somos transformados pela Graça de Cristo concedida na cruz (Cl 2:13,14); em seguida, ele usa a expressão “agora”, indicando que antes da conversão não tínhamos como escapar das consequências do pecado, mas, a partir da conversão - o reconhecimento de Jesus como Salvador - passa a existir uma oportunidade de salvação (Rm 10:9-11); assim sendo, a condenação para a qual caminhamos é anulada pela fé nEle (Jo 3:16-19). Em sua continuação o texto é claro: a condição para isso é estar em Cristo Jesus, mas o que significa estar em Cristo Jesus? O próprio texto responde: é não andar segundo a carne (Gl 5:16-21), mas segundo o Espírito (Gl 5:22-25). Em outras palavras isso requer santificação, ou seja, renúncia (Mt 16:24), obediência (Jo 14:21), compromisso com a Obra (Jo 21:15-17) e, entre muitas outras coisas, ser cheio do Espírito Santo (Ef 5:17-20). Concluindo, só podemos dizer que não há nenhuma condenação para nós se a nossa vida for agradável ao Senhor (Rm 12:1,2; 2ª Co 5:17).

Um comentário:

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.