sexta-feira, 30 de setembro de 2011

"A voz do povo é a voz de Deus"

Que valor pode ter a voz de um
povo que não respeita nem os
mais básicos princípios morais?

    É mesmo, é? Pode ter certeza de que quem inventou essa frase era ateu[1], ou então um desses cristãos que não têm muita intimidade com as Escrituras. Você acha que eu estou exagerando? Pois façamos uma análise mais profunda sobre essa questão: dizer que uma pessoa tem a mesma voz que a outra, figuradamente, significa que as duas têm a mesma opinião concordando totalmente entre si, não é mesmo? Então reflita bem comigo e vamos fazer agora um breve comparativo entre o homem e Deus: o homem é pecador (Rm 3:9-11), Deus é Santo (Sl 99:9); o conhecimento do homem é limitado (Pr 26:12), Deus é onisciente[2] (1º Cr 28:9[3]); o homem mente (Sl 109:2), Deus fala a verdade (Rm 3:4); as palavras do homem machucam (Jó 19:1-4), as palavras de Deus consolam (Jó 42:8). E é por essas e outras -muitas outras mesmo- que é inadmissível aceitar que se compare a voz de um povo que em sua
maioria é revoltado, boca-suja, inconsciente e adúltero com a voz de Deus que é amoroso, compreensivo, perfeito e fiel. É claro que uma vez ou outra o povo, de certa forma, acaba acertando em algumas decisões ou opiniões, mas colocá-lo ao nível do Todo-Poderoso ao ponto de dizer que a sua voz é a voz dEle, no mínimo, é uma grande heresia[4].



[1]Ateu: Indivíduo que não crê na existência de Deus e em qualquer manifestação sobrenatural Pessoa que acredita que para tudo exista explicações naturais.
[2]Onisciência: Atributo pelo qual Deus conhece perfeita e eternamente todas as coisas passadas, presentes e futuras (Sl 147:5; Pr 15:11; Is 46:10).
[3]Esquadrinhar: Examinar com atenção e minúcia. Investigar, pesquisar, estudar, analisar, vigiar. Procurar.
[4]Heresia: Doutrina que se opõe aos dogmas da Igreja. Absurdo, contra-senso, disparate. Ato ou palavra ofensiva à religião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.