segunda-feira, 26 de setembro de 2016

"Sede Vós Pois Perfeitos, Como é Perfeito o Vosso Pai que Está nos Céus."

A perfeição não está na total
ausência de erros, mas na
intenção e na tentativa de
acertar sempre. De acordo com
o contexto bíblico, a perfeição
está diretamente relacionada ao
bom relacionamento com Deus
e com o próximo: a comunhão.
Mateus 5:48 - “Sede vós, pois, perfeitos, como é perfeito o vosso Pai, que está nos céus.”
    Considerando-se que ser perfeito significa não ter defeitos ou cometer erros, falar de perfeição com pessoas imperfeitas que vivem num mundo imperfeito tem causado dois tipos de problemas: uma santidade exagerada por parte de alguns e o descrédito na inspiração das Escrituras por parte de outros. Mas como explicar essa perfeição citada e exigida por Jesus sem ser “santarrão” e nem incrédulo? Analisemos então o contexto dessa passagem para melhor entendermos seu significado.
    Nessa ocasião, Jesus pregava sobre as bem-aventuranças - a felicidade maior dos crentes -, explicando também as renúncias necessárias e suas inevitáveis consequências (Mt 5:3-12); na sequência, Ele diz que devemos ser o sal da terra e a luz do mundo (Mt 5:13-16), o que significa que precisamos ser diferentes daqueles que vivem no pecado; em seguida, fala sobre o cumprimento da Lei por completo e não parcialmente (Mt 5:17-20); logo após, enfatiza a necessidade do bom relacionamento para com o próximo (Mt 5:21-26); seguindo com exemplos de como resistir às tentações (Mt 5:27-32); explicando a importância da sinceridade diante de Deus e dos homens (Mt 5:33-37); falando claramente sobre o dever de evitar a prática da violência (Mt 5:38-42); complementando com uma lição sobre a prática do amor (Mt 5:43-47); finalmente; terminando com essa afirmação sobre perfeição, colocando-a como um resumo na conclusão final de tudo o que tinha dito. Espiritualmente falando, ser perfeito não significa necessariamente nunca errar, mas sim dar o melhor de si, tendo a consciência de que suas falhas são provenientes de suas limitações e não uma prática de pecados premeditados. Ser perfeito é tentar acertar ainda que não consiga obter cem por cento de êxito em suas obras. Deus conhece nossa capacidade e contempla a perfeição de um coração desejoso de fazer o melhor para o Reino e para o próximo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.