sábado, 27 de julho de 2013

Jesus, o Modelo Ideal de Humildade

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD   |  3º Trimestre de 2013 - Filipenses - Lição 4 |  Jonas M. Olímpio

O Senhor dos senhores privou-se da sua
glória, fazendo-se homem e vinda à terra
para dar exemplos práticos de que estamos
aqui para servir e não simplesmente para
sermos servidos
Leitura Bíblica em Classe - Fp 2:5-11

Texto Áureo - “De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus (Fp 2:5),

Verdade Prática - Jesus Cristo é o nosso modelo ideal de submissão, humildade e serviço.

ESBOÇO DO COMENTÁRIO RESUMIDO

INTRODUÇÃO
- Jesus, mesmo com todo o seu poder, foi quem nos deu os maiores exemplos práticos de humildade.
- Jesus ensina que a humildade, além de ser uma obrigação, é símbolo de união, sendo também uma condição para se ter parte com Ele (Jo 13:4-9).

I - O FILHO DIVINO: O ESTADO ETERNO DA PRÉ-ENCARNAÇÃO
1 - Ele deu o maior exemplo de humildade
- Paulo ensinou os filipenses a terem o mesmo sentimento de Cristo.
- Devemos não só seguir o modelo de humildade de Cristo, como também nós mesmos servirmos de exemplo (1ª Co 11:1).

2 - Ele era igual a Deus
- O termo “sendo em forma de Deus” expressa a semelhança, a igualdade e a mesma natureza de Jesus em relação a Deus.
- Jesus, assim como Deus e o Espírito Santo é um membro da trindade, como se pode comprovar nas Escrituras (Fp 2:6; Jo 1:1-3; 14:9-11; 20:28; 1ª Tm 2:5; Tt 2:13; Hb 1:8; Ap 21:6,7).

3 - Mas “não teve por usurpação ser igual a Deus”
- Por um período, demonstrando não estar preso a um sentimento de soberba,  abriu mão de sua glória e veio resgatar a humanidade.
- Sua humildade foi a maior prova de amor para com a humanidade, pela qual  Ele se absteve de seu próprio bem-estar (1ª Tm 2:6; Ef 5:2).

II - O FILHO DO HOMEM: O ESTADO TEMPORAL DE CRISTO
1 - “Aniquilou-se a si mesmo”
- O termo grego é kenoô (esvaziar); e significa que, mesmo não deixando a divindade, se esvaziou, encarnando-se na forma humana.
- Embora tenha se encarnado em um corpo humano, Jesus permaneceu com sua natureza divina, pois Ele não pecou (2ª Co 5:21; 1ª Pe 2:21-24).

2 - Ele humilhou-se a si mesmo
- Sua humildade é tanta que Ele se deixou escarnecer e maltratar.
- Tanto na aparência, quanto nas atitudes, Ele sempre preservou a sua humildade (Is 53:2-5).

3 - Ele foi “obediente até a morte e morte de cruz”
 - Não há humildade sem obediência; Cristo deu vários exemplos disso.
 - Para se ter noção da intensidade da sua humilhação, prisioneiros executados na cruz precisavam ter cometido crimes graves e, pela Lei, eram malditos; mas Ele cumpriu a vontade divina mesmo em meio a todo sofrimento e humilhação (Dt 21:22,23; Gl; 3:13; Lc 22:42).

III - A EXALTAÇÃO DE CRISTO
1 - “Deus o exaltou soberanamente”
- Depois de toda a humilhação, Deus o exaltou poderosamente; o amor e a obediência têm uma grande recompensa.
- Em hebraico, “Jesus” significa “Jeová” (Senhor); essa mais uma prova de sua divindade. E é como Senhor que Ele foi exaltado (Fp 2:9-11).

2 - “Dobre-se todo joelho”
- Joelhos no chão representam humildade diante de alguém superior; por isso, ao orar de joelhos, reconhecemos seu poder e nossa dependência dEle.
- A glória do nosso Senhor Jesus Cristo é a mesma de Deus (Rm 14:9-11).

3 - “Toda língua confesse”
- Falar de Jesus é mais do que pregar, é também um ato de adoração.
- A confissão da fé em Cristo é tão importante que ela é uma condição para a salvação (Mt 10:32,33; Rm 10:8-10; 1ª Jo 4:15).

CONCLUSÃO
- Seguir a Cristo não é uma simples questão de crença, mas também de prática de  seu exemplo de humildade sabendo que tudo aqui é passageiro.

- De que maneira estamos dando nosso exemplo como cristãos? Será que Cristo está aprovando todas as nossas atitudes (Fp 2:5; 1ª Jo 2:6)?

MATERIAL ADICIONAL

A humilhação de Cristo com sua morte na cruz NÃO foi motivo para haver “festa no inferno”
1º) A Bíblia se refere a três lugares diferentes como inferno, mas no original dá para entender que o definitivo ainda não foi inaugurado (Ap 20:13,14).
2º) Satanás é espírito e vive nas regiões celestiais e não no inferno (Ef 2:2; 6:12).
3º) A morte de Cristo significou a derrota do inimigo, pois ela nos deu acesso à Graça; ele não comemoraria isso (Rm 5:20,21).
4º) Sabendo que seria derrotado, usou Pedro, e também outras pessoas para tentar convencê-lo a desistir da cruz (Mt 16:22,23; 27:40-42).
5º) Cristo não tomou nenhuma chave dele; Ele simplesmente as tem (Ap 1:18).

O lagar de óleo é uma espécie de tanque
no qual se espremem e reduzem certos
frutos até se tornarem líquido. Foi num
lugar desses que Cristo mostrou sua
humildade diante de Deus se pondo a
fazer a sua vontade
DICIONÁRIO
Convergência: Ato ou efeito de convergir (ter algum ponto em comum. Concordar).
Corroborado: Fortalecido.
Getsêmani:  Lagar de Óleo. Lugar no monte das Oliveiras em que havia um jardim onde Jesus costumava orar (Mt 26:36).
Inerente: Ligado estruturalmente. Que por natureza é inseparável de alguma coisa. Inseparável.
Prerrogativa: Direito, inerente a um ofício ou posição, de usufruir um certo privilégio ou exercer certa função. Direito ou privilégio especial pertencente a uma pessoa, grupo ou classe de indivíduos. Direitos dados ao rei.
Trindade: A união das três pessoas (Pai, Filho e Espírito Santo) em um só. Deus é ao mesmo tempo uno e trino.
Usurpação: Apoderação em proveito próprio de uma dignidade pertencente a outrem.

Clique aqui para obter uma melhor visualização da imagem acima



Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD   |  3º Trimestre de 2013 - Filipenses - Lição 4 |  Jonas M. Olímpio


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.