quarta-feira, 17 de julho de 2013

O Comportamento dos Salvos em Cristo

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD   |  3º Trimestre de 2013 - Filipenses - Lição 3 |  Jonas M. Olímpio

O mundo está de olho em nós;
em vez de nos escondermos,
devemos mostrar o melhor
que temos
Leitura Bíblica em Classe - Fp 1:27-30; 2:1-4

Texto Áureo - “Somente deveis portar-vos dignamente conforme o evangelho de Cristo, para que, quer vá e vos veja, quer esteja ausente, ouça acerca de vós que estais num mesmo espírito, combatendo juntamente com o mesmo ânimo pela fé do evangelho (Fp 1:27).

Verdade Prática - O Evangelho de Cristo produz em cada crente um comportamento digno e santo diante de Deus e do mundo.

ESBOÇO DO COMENTÁRIO RESUMIDO

INTRODUÇÃO
- Nossa conduta é observada tanto dentro quanto fora da igreja; por isso, devemos agir exemplarmente em todos os momentos.
- O crente não se comporta bem para ser salvo, mas se comporta bem porque é salvo (Sl 15:1-5).

I - O COMPORTAMENTO DOS CIDADÃOS DO CÉU
1 - O crente deve “portar-se dignamente”
- Equilíbrio é essencial para aqueles que levam o nome de Deus.
- Viver o Evangelho é renunciar a si mesmo, ou seja: mudar completamente a maneira de viver (Fp 1:27; Mc 8:34).

2 - Para que os outros vejam
- A santificação não é apenas interna, pois seus frutos são externos.
- Bons exemplos produzem melhor resultado do que belas palavras (Mt 7:13-19; 1ª Ts 4:11,12).

3 - A autonomia da vida espiritual
- As más influências desafiam o tempo todo a nossa fidelidade a Deus; mas nada deve impedir o foco da nossa adoração.
- Quando não fazemos prevalecer os princípios cristãos, não desprezamos apenas o homem, mas a Deus (1ª Ts 4:6-8).

II - O COMPORTAMENTO ANTE A OPOSIÇÃO
1 - O ataque dos falsos obreiros
- Os falsos obreiros eram uma séria ameaça à igreja de Filipos, mas Paulo a incentivava a resistir à tentação do Evangelho fácil.
- Viver a Palavra é contradizer o Evangelho fácil (Fp 1:28,29).

2 - O objetivo dos falsos obreiros
- O objetivo dos falsos obreiros era obter algum tipo de lucro com o Evangelho por meio da intimidação “espiritual”.
- Falsos religiosos já eram ameaça desde a antiguidade (Dt 11:16,17).

3 - Padecendo por Cristo
- A Teologia da Prosperidade tem como slogan o termo “pare de sofrer”, o que contraria totalmente a Palavra de Deus.
- A promessa do chamado não inclui aplausos, muito dinheiro e saúde perfeita, mas sim uma entrega total de si mesmo (At 9:15,16).

III - PROVENDO A UNIDADE DA IGREJA
1 - O desejo de Paulo pela unidade
- O amor expresso através da comunhão é indispensável para aqueles que não apenas dizem, mas vivem como cristãos.
- A alegria de Paulo só era completa com a união da igreja (Fp 2:1,2).

2 - O foco no outro como em si mesmo
- O pecado de muitos “cristãos” é o fato de imitarem o mundo tratando as pessoas da mesma forma que são tratados por elas.
- Qual é a razão que te leva a servir a Deus (Fp 1:15-18;  2:3)?

3 - Não ao individualismo
- A prova de amor está na preocupação com o bem-estar alheio.
- Membro morto não sente a dor do corpo; como estão seus sentimentos em relação ao próximo (Fp 2:4)?

CONCLUSÃO
- Conversão é transformação; isso significa que não devemos voltar a ser como o mundo, mas sim ter força para influenciá-lo.
- Ter bom comportamento é respeitar o chamado divino (Ef 4:1-3).

MATERIAL ADICIONAL

Clique aqui para obter uma melhor visualização da imagem acima


DICIONÁRIO
Entranhável: Que penetra nas entranhas. Arraigado, íntimo, profundo.
Opróbrio: Desonra; vergonha.
Padecer: Ser atormentado, martirizado, afligido. Sofrer, suportar. Ser vítima de violências físicas; sentir dores físicas ou morais; estar doente.
Prepotência: Abuso do poder ou da autoridade; opressão, tirania, despotismo.
Réprobo: Banido da sociedade; detestado, odiado. Malvado. Condenado por Deus às penas eternas.
Usura: Especulação ilícita que consiste em cobrar juros, comissões ou descontos sobre empréstimos de dinheiro por taxas acima das estabelecidas pela lei. Mesquinhez, avareza. Ambição.

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD   |  3º Trimestre de 2013 - Filipenses - Lição 3 |  Jonas M. Olímpio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.