domingo, 17 de junho de 2012

Criança desaparecida na Igreja Deus é Amor ainda não foi encontrada

Brenda Gabriela da Silva - Se
tiver alguma informação, ligue
para 190 (Policia Militar)
ou 55 11 3347-4702 (Igreja
Pentecostal Deus é Amor)
    A pequena Brenda Gabriela da Silva, de apenas quatro anos, que se perdeu dos pais no evento de comemoração de 50 anos da Igreja Pentecostal Deus é Amor, no último domingo (10/06/12), permanece desaparecida. Brenda é magra, branca, tem cabelos pretos encaracolados e 90 centímetros de altura. Ela desapareceu no bairro do Glicério, em São Paulo, durante uma caminhada com mais de 30 mil pessoas, próximo ao templo sede. Muitas pessoas questionam a responsabilidade dos pais que deveriam estar mais atentos no meio de uma grande multidão, e até mesmo o por quê de se acontecer isso num evento evangélico realizado por uma igreja que tem como suas maiores características a realização de milagres e a manifestação do Espírito Santo por meio de revelações e profecias. Porém, não cabe agora ficarmos duvidando da competência dos pais, pois foi uma fatalidade, e nem do poder espiritual da igreja, pois aqui nesse mundo estamos sujeitos a todos os tipos de
falhas e aflições. A parte que nos cabe como cidadãos, e principalmente como cristãos, é ajudar no que for possível e orar para que todo esse pesadelo tenha um final feliz!
Fonte: Diversas Agências de Notícias
Texto: Jonas M. Olímpio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.