sábado, 28 de abril de 2012

O que tenho te dou!

Muitos de nós não conseguem
ajudar os que imploram por
esmolas na porta do templo
porque também estão sentados
sem acreditar que podem andar,
 esperando que alguém os ajude.
    Entrando no templo para orar, Pedro e João se depararam com um coxo que pedia esmolas; não tendo dinheiro, eles lhe ofereceram algo muito melhor: usaram a unção que Deus lhes deu para curá-lo (At 3:1-8). E nós? O que temos oferecido ao nosso próximo? Muitos têm, literalmente ou não, nos pedido ajuda diariamente, e, as vezes, não temos nem a coragem de dizer simplesmente: "Jesus te ama!" ou "Que Deus te abençoe!". Se tivéssemos consciência da autoridade que temos, de maneira nenhuma, o inimigo se atreveria a ficar na nossa frente (Mt 16:18,19). Se somos o sal da terra e a luz do mundo (Mt 5:13,14), por que, então, muitas vezes, não conseguimos temperar e nem fazer brilhar a nossa luz como os servos de Deus antigamente (Mt 24:12)? Claro que temos nossos problemas (Jo 16:33), mas isso não impede de usarmos os dons espirituais que nos foram dados (Fp 4:12,13). Muitíssimas pessoas clamam por socorro a nossa volta; muitas morreram sem salvação e outras continuam caminhando para o inferno. Quantos mais morrerão sem conhecer Jesus? "Desperte o dom que há em ti (2ª Tm 1:6)!" O que você tem a oferecer? Deixa eu formular melhor essa pergunta: o que Deus te deu? Isso é o que você deve compartilhar com o seu próximo!
Em nome de Jesus, não espere por prata e nem ouro; levante-se e vá fazer aquilo que o Senhor confiou em suas mãos!

Jonas M. Olímpio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.