quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Uma Vida Cristã Equilibrada

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD   |  3º Trimestre de 2013 - Filipenses - Lição 11 |  Jonas M. Olímpio


Entre tantas direções expostas a
nossa frente, sabendo que existe um
só caminho, é preciso termos muito
cuidado para não errar e manter o
equilíbrio na direção certa
Leitura Bíblica em Classe
Filipenses 4:5-9

Texto Áureo
“Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai (Fp 4:8).

Verdade Prática
A fim de termos uma vida cristã equilibrada e frutífera, precisamos ocupar a nossa mente com tudo aquilo que é agradável a Deus.

ESBOÇO DO COMENTÁRIO RESUMIDO

INTRODUÇÃO
- Com exemplos práticos, o apóstolo Paulo ensina à igreja filipense que para que se
tenha boas virtudes é necessário que elas estejam em sua mente.
- Parece difícil, mas viver retamente, para os fiéis, é simples (Mt 11:29,30).

I - A EXCELÊNCIA DA MENTE CRISTÃ
1 - Nossos pensamentos
- O que significa ter a “mente de Cristo”? Significa ter pensamentos puros de acordo com a Palavra de Deus as quais nos levem a agir virtuosamente.
- Na mente está o nosso controle, por isso tudo começa por ela (Rm 12:2).

2 - Pensando nas coisas eternas
- A Palavra de Deus nos ensina que o equilíbrio espiritual é a base de nosso sustento, e isso é o que deve predominar em nossa mente.
- Equilíbrio é sabedoria para lidar de acordo com cada situação (Ec 7:16-18).

3 - Agindo sabiamente
- A busca pela sabedoria é essencial pelo cristão; pois sem sabedoria não há equilíbrio, e sem equilíbrio fazemos o que queremos e não o que Deus quer.
- Nossa capacidade não está na força, mas sim na sabedoria (Ec 7:19).

II - O QUE DEVE OCUPAR A MENTE DO CRISTÃO
1 - “Tudo o que é verdadeiro e honesto”
- A verdade e a honestidade estão entre os princípios mais básicos da Bíblia, pois dessas virtudes dependem a comunhão e o bem viver entre as pessoas.
- Só consegue andar em verdade e honestidade quem está espiritualmente revestido e não mais satisfaz seus desejos pecaminosos (Rm 13:12-14).

2 - “Tudo o que é justo”
- Quanto a justiça , a Palavra se refere ao padrão de julgamento divino e não ao desejo humano de vingança, pois devemos ser justos e não justiceiros.
- Ser justo é deixar a justiça nas mãos do Supremo Juiz (Rm 12:17-19).

3 - “Tudo o que é puro e amável”
- A pureza e a amabilidade envolvem a sinceridade em nossas atitudes como um todo e o nosso tratamento em relação aos irmãos e ao próximo.
- Só quem tem coração puro e amável sabe como vencer o mal (Rm 12:21).

4 - “Tudo o que é de boa fama”
- Conforme algumas traduções Bíblicas, ter “boa fama” significa ter “bom nome”, ou seja: ser bem visto devido as suas atitudes irrepreensíveis.
- Não basta servir a Deus, é preciso também servir de exemplo (Tt 2:7,8).

III - A CONDUTA DE PAULO COMO MODELO
1 - Paulo, uma vida a ser imitado
- Por meio de alguns dos sentidos mais básicos do ser humano, Paulo mostrou que é sim possível viver de acordo com os princípios da Palavra.
- Antes de querermos ser imitados, devemos ser imitadores de Cristo; será que temos andado como Ele andou e como Ele quer (1ª Co 11:1)?

2 - Paulo, exemplo de ministro
- Paulo ensina que aqueles que se prontificam a fazer a Obra devem ter em mente o fato de que serão pontos de referência para os que os observam.
- Como servos na Casa do Senhor, não podemos nos esquecer de uma coisa: somos administradores e não donos da Obra (1ª Pe 5:2,3).

3 - O Deus de paz
- Para os que têm as virtudes descritas em Filipenses 4:8,9, a grande promessa é a paz de Deus sobre a sua vida.
- O segredo da paz está na confiança em Deus (Is 26:3,4).

CONCLUSÃO
- Os pensamentos direcionam o as atitudes, e as suas atitudes definem o caráter; portanto, antes de consertar os erros é preciso mudar a mente.
- Ter uma vida cristã equilibrada é saber conviver tanto com os crentes quanto com os incrédulos não provocando escândalos (1ª Co 3:7).

Características de um cristão equilibrado
q    Não julga sem saber a verdade (Jo 7:24).
q    Não abandona os mais fracos (Rm 15:1,2).
q    Admite que também tem falhas (Rm 7:15).
q    Sabe que está sujeito a cair (1ª Co 10:12).
q   Não se considera superior a ninguém (1ª Co 15:9).
q   Não tem medo de perder posição (Fp 2:3).

DICIONÁRIO
Casto: Que se abstém de atos contrários à modéstia, ao pudor ou à pureza. Que se abstém de quaisquer relações sexuais. Puro. Não misturado, sem mescla.
Egocêntrico: Pessoa especialmente interessada em si mesma e em tudo quanto lhe diga respeito, normal nas crianças de menos de sete anos.
Exortação: Ato de animar, incentivar, estimular: exortar os jovens a prosseguir sem desânimo. Induzir, conversar. Advertir, admoestar, aconselhar.
Gravidade: Seriedade.
Jugo: Peça de madeira que se prende com correias ao pescoço de animais de carga, para que assim possam puxar uma carroça ou um arado (Nm 19:2; 1º Sm 6:7). Em sentido figurado: domínio, opressão (Gn 27:40; Jr 28:2; Gl 5:1); sofrimento (Lm 3:27); obediência (Mt 11:29-30); aliança (2ª Co 6:14); trabalho (Fp 4:3).
Lisura: Qualidade de liso. Macieza, suavidade. Planura. Franqueza, sinceridade.
Pernicioso: Nocivo, perigosos, prejudicial.
Presunção: Opinião geralmente infundada ou exagerada de si mesmo; de suas próprias qualidades; pretensão; fatuidade; vaidade; afetação.
Singeleza: Qualidade de singelo, simplicidade. Desapego. Falta de ornato ou luxo.
Vil: Que tem pouco valor; barato. Mesquinho, miserável. Desprezível, repugnante, abjeto.
Virtude: Hábito de praticar o bem, o que é justo; excelência moral; probidade, retidão. Boa qualidade moral. O conjunto de todas as boas qualidades morais. Austeridade no viver. Força moral; valor, valentia, coragem.


Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD   |  3º Trimestre de 2013 - Filipenses - Lição 11 |  Jonas M. Olímpio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.