domingo, 26 de fevereiro de 2012

Inglaterra censura propaganda cristã

Esse é o cartaz que foi
proibido pelas autoridades
inglesas
    Na Inglaterra, uma polêmica decisão tomada no início desse mês indignou os cristãos e assustou os defensores da democracia. A ASA (Advertising Standards Authority), que é a agência reguladora de publicidade, proibiu que continuassem circulando pelas ruas, cartazes da organização cristã HOTS (Healing on the Streets - Cura nas Ruas), devido ao seu conteúdo de apologia à cura divina. Nesses cartazes estava escrito simplesmente informações sobre a Igreja, uma lista com o nome de várias doenças e o título no cabeçalho com a seguinte frase: "Precisa de cura? Deus pode curá-lo hoje!".
O trabalho de evangelização da
HOTS consiste simplesmente em
orar nas ruas pelas pessoas
enfermas que aceitarem receber
ajuda espiritual
    Em sua tentativa de se justificar, as autoridades disseram que esse tipo de divulgação pode influenciar as pessoas doentes a não procurarem ajuda médica por acreditarem na cura divina através das orações. A ASA tentou ainda obrigar a
HOTS a assinar um documento concordando em não mais divulga a sua crença. Toda essa confusão teria sido iniciada pela denúncia de um blogueiro ateu que pediu para a agência investigar os "danos" causados pela propaganda de cura divina. Paul Skelton, fundador do HOTS, protestou dizendo que cabe ao indivíduo decidir por si mesmo se gostaria de receber oração. Vale ressaltar que foi proibida a divulgação dos cartazes, mas não foi impedida a continuidade dos trabalhos da organização.
No Brasil também existem alguns
casos de censura anti-cristã, como
é o caso desse outdoor que foi
retirado sob a acusação de
homofobia, pelo simples fato de
dizer que Deus abomina o
homossexualismo
    Olhando hoje para esse fato, nem conseguimos imaginar que a Inglaterra foi dos berços do cristianismo atual há poucos séculos atrás, tendo sido também um dos palcos da Reforma Protestante. Atualmente ela está passando por uma grande decadência em todos os sentidos, e aparenta estar perdendo suas forças; isso é uma realidade inegável por mais que a realeza britânica tente esconder. O afastamento de Deus sempre provoca crises, as quais não podem ser revertidas a menos que o homem se arrependa e volte atrás em suas atitudes. É inadmissível que num país desenvolvido e influente no mundo inteiro possa haver ainda a ultrajante ignorância da intolerância religiosa. Satanás está incomodado com a ameaça de perder espaço em nações em que ele pensa estar dominando. Organizações como a HOTS precisam de força e apoio para prosseguirem nessa dura missão de libertação de almas; peçamos a Deus que levante naquele lugar mais homens como Paul Skelton para que se inicie uma nova Reforma, e a Europa precisa disso com muita urgência!


Fonte: Diversas Agências de Notícias Cristãs
Texto: Jonas M. Olímpio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.