sábado, 22 de março de 2014

A Consagração dos Sacerdotes

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD | 1º Trimestre de 2014 - Uma Jornada de Fé - Lição 12 | Jonas M. Olímpio

Os sacerdotes, apesar de terem
sido escolhidos por Deus, também
precisavam sacrificar por seus
próprios pecados; da mesma
forma, hoje, os obreiros não podem
ser vistos como seres superiores em
grau de santidade e precisam
reconhecer e reparar suas falhas
TEXTO ÁUREO
Hebreus 9:22 - "E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão."

VERDADE PRÁTICA
    O sacrifício expiador de Cristo no Calvário foi perfeito, único e capaz de nos purificar de todo pecado.

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Êxodo 29:1-12
1 - Isto é o que lhes hás de fazer, para os santificar, para que me administrem o sacerdócio: Toma um novilho e dois carneiros sem mácula,
2 - E pão ázimo, e bolos ázimos, amassados com azeite, e coscorões ázimos, untados com azeite; com flor de farinha de trigo os farás,
3 - E os porás num cesto, e os trarás no cesto, com o novilho e os dois carneiros.
4 - Então farás chegar a Arão e a seus filhos à porta da tenda da congregação, e os lavarás com água;
5 - Depois tomarás as vestes, e vestirás a Arão da túnica e do manto do éfode, e do éfode, e do peitoral; e o cingirás com o cinto de obra de artífice do éfode.
6 - E a mitra porás sobre a sua cabeça; a coroa da santidade porás sobre a mitra.
7 - E tomarás o azeite da unção, e o derramarás sobre a sua cabeça; assim o ungirás.
8 - Depois farás chegar seus filhos, e lhes farás vestir túnicas.
9 - E os cingirás com o cinto, a Arão e a seus filhos, e lhes atarás as tiaras, para que tenham o sacerdócio por estatuto perpétuo, e consagrarás a Arão e a seus filhos;
10 - E farás chegar o novilho diante da tenda da congregação, e Arão e seus filhos porão as suas mãos sobre a cabeça do novilho;
11 - E imolarás o novilho perante o Senhor, à porta da tenda da congregação.
12 - Depois tomarás do sangue do novilho, e o porás com o teu dedo sobre as pontas do altar, e todo o sangue restante derramarás à base do altar.

COMENTÁRIO RESUMIDO
A CONSAGRAÇÃO DOS SACERDOTES
Introdução
    Entre milhões de pessoas, Deus escolheu os levitas, e entre milhares de levitas, Ele escolheu alguns para sacerdotes, os quais, além de possuírem algumas características especiais, ainda tiveram que ser preparados e consagrados para o sacerdócio.
    O ofício ministerial não é obra do acaso ou uma opção nossa por interesses secundários, mas sim uma escolha e um chamado divino que dependem de muita dedicação e seriedade devido a importância e a responsabilidade de cada trabalho que é confiado em nossas mãos.
Êx 29:1-12

I - A CONSAGRAÇÃO DE ARÃO E SEUS FILHOS
1. A lavagem com água
    Antes da consagração era necessária uma limpeza literal do corpo, o que significa purificação.
    Não é de qualquer maneira que temos o direito de nos dispor ao trabalho espiritual; é preciso haver uma limpeza interior, a qual também reflete no exterior. Isso se chama santificação.
1ª Pe 1:15
2. A unção com azeite
    Os sacerdotes precisavam ser ungidos com azeite sobre a sua cabeça.
    O azeite simboliza o Espírito Santo. Precisamos de unção espiritual para estarmos edificados e revestidos de poder para cumprir o propósito divino. E isso também inclui a santidade.
1ª Pe 1:16
3. Animais são imolados como sacrifício
    Uma das principais funções de um sacerdote era oferecer sacrifícios pelos pecados do povo; mas antes disso, era necessário que ele sacrificasse pelos seus próprios pecados. Para isso era necessário matar um cordeiro perfeito, representando a transferência de seus pecados para o animal inocente.
    Para servirmos verdadeiramente a Deus precisamos andar em temor, sacrificando nossa carne, tendo a consciência tranquila em relação aos nossos atos, sabendo que prestaremos contas diante dEle.
1ª Pe 1:17

II - O SACRIFÍCIO DA POSSE
1. O segundo carneiro da consagração
    Do segundo carneiro, tinha que se pegar parte do sangue e passar na orelha direita e nos polegares da mão e do pé direito. O lado direito, geralmente, é lado em que temos mais agilidade e domínio em nossas ações; a orelha é por onde ouvimos a Palavra; o dedo polegar é essencial para o controle das mãos e os pés são os que movimenta nos movimentam.
    Tudo apontava para o sacrifício de Cristo, o qual derramou seu sangue para nos purificar. Na Graça, não fomos comprados por valores financeiros e nem justificados por sacrifício de animais; por isso temos que honrar obedecendo ao nosso Salvador.
1ª Pe 1:18
2. Sacrifícios diários
    Os sacrifícios pelo pecado do povo eram oferecidos diariamente de manhã e de tarde. O altar de holocausto deveria estar sempre aceso.
    O tempo todo devemos ter comunhão com o Senhor, pois é Ele que nos justifica. Ele é o nosso Cordeiro e, por essa razão, nossa vida deve estar constantemente sobre o seu altar.
1ª Pe 1:19

III - CRISTO, PERPÉTUO DUMO SACERDOTE
1. Sacerdócio segundo a ordem de Melquisedeque
    Melquisedeque não aparece em nenhuma genealogia ou narrativa histórica, o que representa não haver indicação de princípio e nem fim de sua existência, e isso o leva a tipificar a Cristo, o qual sendo Deus por ninguém foi criado ou gerado e sua vida é eterna.
    Vida eterna também é o destino de todo homem, seja para salvação ou para condenação. Se queremos viver a eternidade com Cristo, devemos então viver a atualidade com Ele.
1ª Pe 1:20
2. O sacrifício perfeito de Cristo
    Os sacrifícios dos sacerdotes pelos pecadores precisavam ser refeitos constantemente, pois eram o cumprimento de rituais que apenas cobriam o pecado e não tinham poder para leva-los ao arrependimento interior.
    Cristo se assumiu como fiador por nossas dívidas: coisa que nenhum sacerdote ou animal morto poderia fazer. Quando morreu na cruz, além de comprovar seu imenso amor, Ele pagou por nossos pecados como que dizendo: “Apenas reconheçam meu sacrifício e Eu lhes darei a vida eterna!”. Reconhecer isso significa crer e ter esperança no plano de salvação elaborado pela misericórdia de Deus.
1ª Pe 1:21
3. O sacrifício eterno de Cristo
    O sacerdócio levítico findou quando o sumo sacerdote rasgou suas vestes antes da crucificação, vindo, a partir daí, a Graça; porém, Jesus não era descendente da tribo de Levi (a Bíblia não revela claramente a origem de seus pais), mas é apresentado simplesmente como “sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque”, o que expressa a ideia de eternidade.
    Como herdeiros da eternidade, os verdadeiros cristãos têm como foco a obediência ao seu Salvador, o qual os ensina que praticar o sacerdócio na era atual significa demonstrar amor uns pelos outros por meio dos seus atos.
1ª Pe 1:22



Conclusão
    Todo o processo de consagração sacerdotal apontava para o sacrifício de Jesus e visava ensinar à Igreja a importância do seu papel ministerial nos dias que se seguiriam até o arrebatamento.
    Todos os que realmente tiveram um novo nascimento, assumindo-se como seguidores e imitadores de Cristo sabem da importância e do peso da sua responsabilidade como representantes e trabalhadores nessa grande Missão.
1ª Pe 1:23
Edição e comentário: Jonas M. Olímpio

DICIONÁRIO
Asmo: Também chamado de ázimo, é o alimento de massa preparado sem fermento. Não fermentado; não levedado.
Calvário: Significa Caveira devido à sua semelhança à um crânio. Monte, situado fora da cidade de Jerusalém, também chamado de Gólgota, onde Jesus foi crucificado (Jo 19:17).
Consagração: Ato de consagrar. Santificação. Dedicação ao serviço de Deus (2º Cr 29:31). Dedicação de uma pessoa ou uma coisa ao serviço de Deus (Êx 29:1-37; Lv cap. 8; Ez 44:29). 
Coscorão: Pão achatado (1º Cr 23:29). Bolo de farinha e ovos fritos em azeite e polvilhado com açúcar.
Flor de farinha: Farinha mais fina.
Imolado: Morto.
Melquisedeque: Significa “rei de justiça”, foi um rei de Salém (Jerusalém) e sacerdote do Deus Altíssimo (Gênesis 14:18-20; Sl 110:4; Hb 5:6-11; 6:20-7:28). O aparecimento e desaparecimento repentinos de Melquisedeque no livro de Gênesis são misteriosos. Melquisedeque e Abraão se conheceram pela primeira vez depois da vitória de Abrão contra Quedorlaomer e seus três aliados. Melquisedeque ofereceu pão e vinho a Abraão e aos seus homens que estavam muito cansados, demonstrando amizade. Ele abençoou Abraão no nome de El Elyon ("Deus Altíssimo") e louvou a Deus por ter dado a Abraão vitória na batalha (Gn 14:18-20). No Salmo 110, um salmo messiânico escrito por Davi (Mt 22:43), Melquisedeque é visto como um tipo de Cristo (modelo ou figura de Cristo). O tema é repetido no livro de Hebreus, onde Melquisedeque e Cristo são considerados reis da justiça e da paz. Ao citar Melquisedeque e seu sacerdócio especial como um tipo, o autor mostra que o novo sacerdócio de Cristo é superior à ordem levítica e ao sacerdócio de Arão (Hb 7:1-10).
Penhor: Aquilo que é dado como garantia (Gn 38:17; 2ª Co 1:22; 5:5; Ef 1:14).
Remissão: Ato ou efeito de remir, livrar. Indulgência, misericórdia. Expiação, perdão.
Sacerdote: Do hebraico “kahan” que significa mediador em “atos religiosos”. No judaísmo, o sacerdócio é hereditário através da ascendência paterna. Estas famílias são da tribo dos Leviim (Levitas), e são tradicionalmente aceitos como os descendentes de Aarão. Em Êxodo 30:22-25 Deus ordena a Moisés que fizesse uma unção de óleo santo para consagrar os sacerdotes de todas as gerações que virão. Durante os tempos dos dois Templos judeus em Jerusalém, os levitas foram responsáveis por diários e especiais feriados judaicos, bem como oferendas e sacrifícios no templo conhecido como o Korban. o sacerdócio original termina com a morte e ressurreição de Jesus, especialmente com o rasgar do véu quando de Sua expiração na Cruz. O sacerdócio continua, analogamente, na pessoa de todos os crentes, que têm contato diretamente com Deus, mas não há mais necessidade da realização de sacrifícios de sangue.

Estudo Bíblico Baseado na Escola Bíblica Dominical da CPAD | 1º Trimestre de 2014 - Uma Jornada de Fé - Lição 12 | Jonas M. Olímpio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.