sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Bispo Macedo faz polêmica declaração sobre manifestação de espíritos de mortos


Bispo Edir Macedo com a mensagem 
"Sereis Minhas Testemunhas", 
transmitida ao vivo de Israel no 
início de 2011
    Em um de seus vídeos divulgado já há algum tempo atrás, o Bispo Edir Macedo, dono da Igreja Universal, fez uma estranha declaração que ainda hoje gera polêmicas e dúvidas no meio evangélico sobre a sua verdadeira crença. Na gravação ele menciona a possibilidade de um espírito de uma pessoa já falecida se manifestar em alguém. Em seu discurso, ele relatou exatamente o seguinte: "Quando uma pessoa recebe o espírito de um ente querido que morreu, ela se manifesta como o ente querido no passado, não é verdade? Um exemplo: uma pessoa que recebeu o espírito da sua vó, e a sua vó vivia assim andando curvada. Então quando ela recebe o espírito da vó, então ela fica curvada
porque recebeu o espírito da vó.". Essas foram as palavras dele! Como se pode explicar, entender ou aceitar que isso tenha vindo da boca de um homem que tanto prega contra o espiritismo chegando até mesmo ao ponto de dizer por várias vezes que os crentes pentecostais estão endemoninhados e que as suas igrejas mais parecem centros de macumba?
"Expulsar" demônios, que eles
chamam de encostos, é uma das
atividades mais comuns da Igreja
do Bispo
    Obviamente, ele poderia não ter se expressado bem e por isso ter sido mal interpretado. Porém, é difícil acreditar que um homem de um bom nível intelectual e com uma eloqüência tão bem desenvolvida teria sido tão ingênuo e despreparado para abordar um assunto tão delicado como esse sem tomar os devidos cuidados na forma como se expressa diante do público. Não há justificativas aceitáveis para essas declarações, embora quem o defenda possa argumentar que ele estaria falando de espíritos malignos que fingem ser a pessoa falecida. O fato é que as suas palavras foram bem claras: "Quando uma pessoa recebe o espírito de um ente querido que morreu...; ... uma pessoa que recebeu o espírito da sua vó...; ... recebeu o espírito da vó.". Isso não é manipulação como seus seguidores estão afirmando. Não há como tapar o sol com a peneira!
Lamentavelmente, muitas
igrejas têm sido alvo de várias
acusações trazendo grandes
escândalos que sujam a imagem
do verdadeiro Evangelho
    Essas lamentáveis afirmações têm sido alvos de muitas críticas por parte das autoridades no meio evangélico, os quais têm relatado que a Bíblia diz que falar com os mortos é algo abominável ao Senhor (Lv 20:6,27; Dt 18:10-14) e que os espíritos não vagam pelo mundo (Jó 7:9). Uma palavra lançada não pode voltar atrás, e não há como justificá-la a não ser que aquele que a pronunciar se retrate afirmando que errou. Ele não admitiu tal erro, e isso pode ser considerado como uma confirmação de que, em seu pensamento, não existe nenhuma razão para se explicar, e isso nos faz ter certeza de que suas afirmações definem muito bem a sua linha de raciocínio, o que no caso em questão expressa sua verdadeira crença, em contradição ao que cremos e ao que eles próprios dizem crer. A intenção não é julgar, mas não se pode também aceitar ensinamentos descabidos a respeito da Sagrada Palavra de Deus, sejam essas afirmações "acidentais" ou não. Para não parecer exagero ou implicância de minha parte, estou postando abaixo o vídeo em que ele trata do assunto em questão. O trecho onde ele cita sobre essas possíveis manifestações dos espíritos dos mortos é do 14m10s ao 14m45s, mas, por favor, assista-o na íntegra e, mediante à luz da Bíblia, julgue você mesmo!


Fonte: Diversas Agências de Notícias
Texto: Jonas M. Olímpio 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, seja ele crítico, elogioso, complementar ou simplesmente direcionado à esclarecer alguma dúvida.
Todos serão respondidos desde que estejam de acordo com o regulamento abaixo:
Não serão publicados comentários que contenham palavrões, ofensas, anúncios não autorizados, e/ou usuários anônimos.
Muito obrigado pela sua participação!

Obs.: Apenas respondemos quando percebemos que a pessoa realmente quer uma resposta, pois quando notamos que ela apenas quer arrumar confusão, simplesmente ignoramos.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.